<$BlogRSDURL$>

O que fazes numa tarde de chuva?

quinta-feira, maio 27, 2004

Boleia 

O sol abrasador derrete-me pele e ossos num misto de prazer e tortura.... Entro no Carro de Apolo, fecho porta e janelas. Desta vez, quero mesmo esconder-me do sol; a nuvem por cima da minha cabeça começa a dar de si. Nao sei qual vai ser o destino da viagem. Vou no lugar do pendura.
Comments:
O carro de Apolo leva-te no limite a viveres da forma que não conseguis-te viver até então... talvez por razões sociais, talvez por falta de iniciativa ou até mesmo por falta de imaginação... talvez ainda, não queiras mesmo ir a lado nenhum... apenas conhecer o carro de Apolo. O carro de Apolo não tem limite para lotação... és bem vinda! Porém há regras... as regras daqueles que conhecem o destino do carro de Apolo!
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Enviar um comentário

This page is powered by Blogger. Isn't yours?